«

»

Nov
29
2011

Anac divulga regras de segurança e inspeção nos aeroportos brasileiros

A Agência Nacional de Aviação civil – ANAC publicou ontem a Resolução 207 que dispõe sobre vários procedimentos de segurança nos aeroportos brasileiros. A medida é uma recompilação de outros regulamentos e o destaque é a revista de passageiros.

Segundo o regulamento todos os passageiros devem passar pelo detector de metais e caso o detector dispare o passageiro deverá ser inspecionado com detector manual de metais (art.3º IV). Porém, se o detector disparar novamente o passageiro deverá repetir o procedimento no pórtico de detector de metais. Caso o problema persista e na impossibilidade de identificar com segurança o objeto causador do acionamento do detector de metais o regulamento autoriza a busca pessoal.

Frise-se que a busca pessoal não é medida comum e sim adicional de segurança. Isso significa que após passar pelas medidas normais de segurança (detector de metais) o passageiro ainda possuir algum objeto que chame a atenção das autoridades ele poderá ser submetido à busca pessoal, inspeção manual da bagagem de mão e a utilização de detectores de traços de explosivos e outros equipamentos de segurança (art.3º V).

As regras sobre transporte de líquidos continuam válidas, ou seja, o limite permitido é até 100ml. É importante notar que frascos com volumes acima de 100ml não serão permitidos (art.4º II) o que significa que se o passageiro tem um frasco de 200ml com líquido pela metade terá de jogar fora.

Fontes:
Site da ANAC
Resolução 207